Os Maus Gestores e o Sucateamento das Prefeituras

desaprovado
Neste início das novas administrações municipais, temos visto reclamações sistemáticas dos novos prefeitos da região dos campos gerais de que receberam as prefeituras em situação complicada sob o ponto de vista financeiro.
O atual prefeito de Ponta Grossa declarou moratória até que se levante a real dívida do município.
Em Carambeí, o prefeito fez a mesma coisa e encontrou os postos de saúde sem médicos.
Castro também enfrenta problemas, sem falar em Piraí do Sul e Tibagi, que vivem situações extremas, sem o mínimo de estrutura para atendimento à população.
Aí cabe bem a pergunta: mas não vai acontecer nada com os maus gestores que deixaram estas prefeituras em situação deplorável?
Não é possível que a lei de responsabilidade fiscal não atinja quem, ao longo de 4 ou 8 anos, fez e desfez ao seu bel prazer, e no final do mandato, quando não podia mais se reeleger ou não conseguiu fazer o seu sucessor, deixou a Prefeitura abandonada, sem pagar fornecedores, prestadores de serviços e funcionários.
Deve haver uma forma legal de que se comprove com fatos e documentos, que os prefeitos que deixaram seus cargos, foram, no mínimo, relapsos e maus administradores, pois para falar em desonestidade precisamos de que as investigações que estão sendo feitas, concluam e comprovem com documentos a malversação do dinheiro público.
É necessário e urgente!
preciso que a população receba estas informações e saibam realmente o que estes prefeitos fizeram, onde gastaram o orçamento e porque deixaram tantas dívidas e tantos problemas, que no final das contas, prejudica o próprio povo que deixa de receber serviços públicos essenciais, como saúde e saneamento básico, em função de administrações desastrosas e nefastas ao interesse da comunidade que representavam.
Outro aspecto, que estes dispositivos legais impeçam que estes maus administradores voltem a tentar cargos públicos. Alguns deles, por certo, se apresentarão como candidatos no ano vem. Então será a oportunidade para o povo, com seu poder do voto, afastar da vida pública estes políticos, antes ou depois que as investigações cheguem ao Ministério Público e possamos assistir, quem sabe, à cassação dos direitos políticos e condenações que podem atingir financeiramente quem de fato, deixou de cumprir com suas obrigações legais e morais.
É o mínimo que esperamos para estes maus políticos.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →