Prefeito Ataca Situações Emergenciais

Meus amigos,
as primeiras providências que ganham campo, por parte da nova administração municipal, são algumas ações emergenciais e que merecem nosso destaque.

A correção do asfalto da Rua Balduíno Taques. A manutenção dos banheiros do chamado Paraguaizinho.. O início da Operação Bairros no final de semana passado. São algumas ações que o Prefeito Marcelo Rangel determinou, em conjunto com a Secretaria de Obras, que está nas mãos do ex-vereador Alessandro Lozza de Moraes.

Sabedores que somos de que a cidade tem inúmeros problemas, principalmente nas áreas de saúde, segurança e infraestrutura, podemos dizer que estas ações, embora possam parecer pouco significantes no contexto geral, são muito importantes, pois resolvem problemas pontuais. Basta perguntar para quem usa os banheiros do shopping popular, ou para quem mora no Quero-Quero se estes trabalhos são importantes ou não.

Evidentemente que a nova administração tem muito por fazer. O planejamento e execução das ações chamadas de “macro” por serem projetos a médio e longo prazo, alguns deles dependentes de aprovação na Câmara Municipal, evidentemente que terão repercussão maior, até porque a cidade continua crescendo e tais medidas são fundamentais.

Entretanto, também sabemos – acompanhando a passagem de 8 diferentes administrações da Prefeitura (entre elas, 3 mandatos de Pedro Wosgrau Filho, as quais nenhuma foi igual a outra), podemos dizer com conhecimento, de que uma nova equipe leva cerca de 6 meses para ter uma noção mais completa de como a máquina da Prefeitura funciona. Não que os novos administradores não queiram ou não possam fazer mais. É humanamente impossível administrar situações emergenciais, que ocorrem diariamente, e ainda planejar os próximos passos, sem que a própria experiência do dia-a-dia coloque para os secretários e para o Prefeito, todo o desenho da estrutura que acabaram de herdar. É assim mesmo que funciona, pois faz parte do processo de conhecimento.

O importante neste momento é demonstrar interesse e agir de forma rápida e pontual. Depois, também, é claro, não deixar de cumprir com o que foi prometido, seja a qual tempo for.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →