Caso Ana Maria: Réus Serão Julgados Por 2 Crimes

O Ministério Público do Paraná acatou o teor do Inquérito Policial que realizou investigações no caso do falso sequestro da vereadora Ana Maria, e encaminhou todo o processo para o Forum da Comarca de Ponta Grossa, na 2ª Promotoria de Justiça, para que os envolvidos no caso sejam julgados pelo judiciário. Além da vereadora Ana Maria, e mais 5 indiciados no processo responderão por fraude processual e falsa comunicação de crime:  Idalécio Valverde da Silva, Branca Branco de Holleben, Reginaldo da Silva Nascimento, Susicleia Rocha Valverde da Silva e Adauto Valverde da Silva.

A promotoria retirou das acusações a formação de quadrilha por entender que não houve manifesta comprovação deste crime.

Os réus, se condenados, poderão pegar as seguintes penas:

– Fraude Processual: art. 347 do Código Penal, pena de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos de detenção e multa.

– Falsa Comunicação de Crime: art. 340 do Código Penal, pena de 1 (um) a 6 (seis) meses de detenção ou multa.

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →