PROJETO PÉ NA FAIXA, QUEM VAI ENCAMPAR?,

PE NA FAIXAA discussão sobre o transporte coletivo e mobilidade urbana é importante e fundamental para a cidade de Ponta Grossa, principalmente visando o futuro próximo, para amenizar os crescentes problemas de trafegabilidade que sentimos em nosso dia-a-dia.

Digo mais: esta discussão é tardia, pois os gestores públicos, assim como os vereadores e deputados, deveria já ter cobrado de quem é de direito, a resolução de problemas que são conhecidos de todos.

Ponta Grossa é uma cidade antiga, com uma geografia variada, ruas centrais estreitas, sem projeto de modernização, e que foi crescendo para os lados, sem se preocupar com a estrutura necessária, e nem com as consequências deste crescimento desordenado e sem planejamento.

Todos os prefeitos, e eu disse TODOS, pelo menos aqueles os quais conheci no comando da Prefeitura, deixaram de se preocupar com o futuro da cidade e cuidaram apenas de resolver problemas presentes, sem atualizar o Plano Diretor, sem dar importância para a mobilidade urbana, sem vizualizar a cidade para frente, para os próximos 10, 20 ou 30 anos além do seu tempo. Perderam a chance de entrar para a história da cidade.

Uma das idéias que se torna urgente, e se apresenta como das mais modernas, é o PROJETO PÉ NA FAIXA, o qual já existe em outras cidades, com maior destaque para Londrina, Maringá, Rolândia e outras cidade do Norte do Estado, onde o pedestre é conscientizado de sua responsabilidade no trânsito, bem como o motorista também muda seu comportamento diante das pessoas que andam, principalmente, no centro da cidade.

Este projeto, que não é novo, não é idéia nova, é apenas mais uma sugestão do site POLITICA EM DESTAQUE, para que algum político com mandato – normalmente é mais fácil para estes – possa encampar esta idéia para ser colocada em prática em nossa cidade.

O Projeto Pé na Faixa vislumbra uma nova concepção de urbanidade, de educação no trânsito e visa antes e acima de tudo, criar uma cultura diferente daquela praticada atualmente na relação nem sempre amistosa entre motoristas e pedestres, onde pode mais quem chora menos.

Fica então a expectativa de que a idéia seja lançada em Ponta Grossa, pois assim como quando lançamos o desafio da CPI do Transporte Coletivo, a qual foi encampada pelo vereador Pietro Arnaud, nossa intenção é também colaborar com a nossa cidade, no sentido de que ela se torne mais harmonioza possível para nós e para nossos descendentes.

EM TEMPO: Não se tem conhecimento de que exista algum projeto semelhante em Ponta Grossa. Se tiver, está muito bem esconcido e não foi divulgado. Portanto, o alerta serve para divulgar o projeto e a idéia, caso já exista.

Um ótimo final de semana para todos.

(Logo da Campanha Pé na Faixa em Londrina).

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →