COLUNA DO PIMENTEL: Rádios transformam-se em Tribuna da Câmara

pimentel* Luiz Carlos Pimentel

Dias atrás o jornalista Luís Carlos de Castilho comentou em rede social que as emissoras de rádio estão se transformando em Câmara Municipal. Procedente o comentário do veterano profissional da mídia, escudando comentário do também experiente jornalista Nelson Ribeiro, que criticou o fato de as rádios estarem abandonando o jornalismo e o entretenimento para dar espaços a outros segmentos.

Alguns vereadores estão não só participando como comentaristas como apresentando determinados blocos. Pietro Arnaud (PTB) atua na Hora do Trabalhador, ao lado do presidente do PTN, Elizeu Chociai, com a âncora do radialista Edson Gomes, na Rádio Difusora, a partir das 06 horas.

Antônio Laroca (PTB) também está na Difusora. Faz comentários durante a edição do Repórter, ancorado ainda por Edson Gomes, às 12 horas. Trinta minuto depois, entra no estúdio o vereador Nilsão (PCdoB), com a Voz do Trabalhador.

Na Clube, aos domingos, ao lado do radialista Fernando Ribeiro, o parlamentar Taíco Nunes (PTN), com início às 08 horas.

No programa do Pietro Arnaud, a Hora do Trabalhador, fala-se muito do Grêmio e do Internacional. O vereador lê as notícias do Diário dos Campos e Chociai, as do Jornal da Manhã. Ambos são provocados por Edson Gomes quando as matérias referem-se a atos da administração municipal.  O horário segue com envios de abraços às pessoas que mandam torpedos ou que solicitaram à atenção do vereador para algum problema de atendimento de órgão do município e outros tipo buraco de rua etc.

Laroca discorre sobre seus projetos, critica Marcelo Rangel e discursa sobre vários aspectos dos projetos que estão em andamento na Câmara. Ele ainda tem participação no noticiário da RádioT – FM, onde já tinha espaço antes de se tornar vereador.

Nilsão não se desvia da proposta do seu programa. É inteiramente voltado ao trabalhador. Ele informa sobre os últimos acontecimentos da área sindical, ações das centrais e comenta acerca de dissídios, apresenta calendários e discorre sobre tópicos da Consolidação das Leis Trabalhistas – ele é bacharel em Direito, assim como Pietro Arnaud.

Taíco Nunes não se presta a fazer política em seu horário. Realiza um trabalho voltado ao social, embora em certos momentos não possa fugir de sugestões de ouvintes que ligam para a emissora. Muitas cadeiras de rodas, de banho são obtidas através dos ouvintes e levadas às pessoas que as solicitaram. Também são intensos os pedidos de fraldas geriátricas, além de solicitações de gêneros alimentícios, prontamente conseguidos.

Pode ser que algumas pessoas achem que o vereador esteja fazendo assistencialismo pensando em manter sua cadeira em 2016. Mas quem conhece o passado de atividades sociais de Taíco Nunes sabe que ele nunca deixou de mostrar interesse aos problemas das pessoas carentes.

Mas não são somente Pietro, Laroca e Taíco que estão transindo pelas ondas do rádio: George de Oliveira (MZ); Antônio Aguinel trafega vez ou outra pela Antena Sul.

Uma pérola

Já que o assunto é rádio, vai uma frase disparada dias desses por um apresentador: ”a vítima sofreu traumatismo craniano na cabeça”.

* Luiz Carlos Pimentel é jornalista e escreve sobre política e cotidiano.

betomaq

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →