Bancos deverão informar desconto para pagamento antecipado de dívidas

juros de bancosAs instituições bancárias de Ponta Grossa deverão informar aos seus clientes o desconto para o pagamento antecipado de prestações e financiamentos. O projeto de autoria do Vereador Izaias Salustiano (PSDC) foi aprovado nesta quarta-feira (19) em primeira discussão na Câmara Municipal de Ponta Grossa. Este foi o segundo projeto apresentado por Salustiano com relação aos bancos. Ainda neste ano outro projeto foi aprovado, prevendo a disponibilização de água potável para consumo dos clientes. Outro ainda, prevê o cumprimento do tempo máximo de espera para atendimento, de 15 minutos. “Vamos fiscalizar e cobrar as instituições bancárias para cumprir a Lei”, comentou Izaias.

Quanto ao projeto de encampação dos terminais, a proposta estava na Ordem do Dia, mas foi retirado para vistas pelo vereador Pietro Arnaud (PTB) por 3 dias. Isto quer dizer que a Câmara ainda pode rever a aprovação deste projeto, ou ainda, a apresentação de alguma emenda. Também não foi votado em segunda discussão a proposta de Antonio Aguinel (PC do B) que trata da obrigatoriedade da recuperação de vias públicas e calçadas por empresas que prestam serviços de água, esgoto e energia, por exemplo, assim como obras da própria Prefeitura, quando fazem buracos e não deixam como estava antes.

O Vereador Antonio Aguinel (PC do B) relatou que ficou constrangido quando foi a um estabelecimento para um “happy hour” e no pagamento da despesa e se deparou com o valor do “couvert artístico”. Assim, apresentou projeto, o qual foi aprovado em primeira discussão, obrigando as aos bares e lanchonetes informarem, em local visível, o valor desta taxa, quando houver a cobrança. “Na verdade eu pesquisei se é legal a cobrança deste valor e não encontrei obstáculo na Lei, mas acredito que eles devem informar o valor a ser cobrado para que os clientes não se surpreendam na saída”, comentou.

Camara 2 - 20.11Uma matéria deverá causar comentários mais profundos nos próximos dias. A Prefeitura Municipal enviou texto ao Legislativo tratando da mudança da data do pagamento dos funcionários públicos municipais. Segundo o documento, a Prefeitura poderá pagar até o último dia do mês, ou no primeiro dia útil do mês seguinte. Isto quer dizer que o Governo Municipal pode ganhar o fôlego de mais um dia para o pagamento dos salários. Certamente o Sindicato dos Servidores deverá se pronunciar na sequência sobre esta proposta. Um dia a mais pode parecer pouco. Porém, para quem tem contas vencendo no dia 30, por exemplo, um dia de diferença pode significar o pagamento de multas pesadas.

Adélia 20.11A vereadora Adélia Souza (PSD) retornou aos trabalhos na Câmara Municipal nesta quarta-feira. Ela participou normalmente da Sessão Ordinária e da votação dos projetos. Ainda um pouco abatida devido à ameaça de AVC, Adélia garantiu que está bem de saúde e se recuperando, e que este pequeno problema não vai atrapalhar o mandato. Adélia Souza tem sido uma das maiores defensoras dos projetos voltados para a área da saúde, fiscalizando e cobrando melhorias no setor, assim como programas de incentivo à saúde da mulher, como o Outubro Rosa e outros.

Evidentemente que a criação da Procuradoria Geral do Município também vai gerar uma série de comentários nas próximas sessões. O vereador Pietro Arnaud (PTB) por exemplo, ficou visivelmente constrangido quando soube que o texto final foi enviado sem seu conhecimento. Segundo Pietro, que estava acompanhado a formatação do texto desde o início, “não foi o combinado”. Logo agora que o jovem parlamentar está se aproximando do Governo Municipal, deixando de lado uma oposição mais apimentada, acaba por levar uma pequena traição. “Nada que não possa ser consertado”, garantiu ele.

Um dos artigos que foi comentado durante a sessão desta quarta-feira, diz respeito a remuneração dos procuradores. O projeto traz a previsão de que o profissionais que já estão trabalhando neste setor atualmente, receberão salários superiores em 250% o nível 16. Isto quer dizer que os salários dos remanescentes deverá ser mais que o dobro dos novos procuradores a serem contratados. Certamente será um item debatido durante a análise nas comissões internas. E mais certamente ainda que o projeto original receberá emendas durante este processo.

Mauricio Silva 19.11O nome do vereador Maurício Silva (PSB) voltou a ser comentado como possível novo Secretário Municipal de Administração e Assuntos Jurídicos. Antonio Laroca Neto (PDT) elogiou a indicação. “O Governo Municipal sempre precisa de pessoas competentes e experientes e se realmente se confirmar o seu nome para a secretaria, a Administração estará muito bem servida”, disse Laroca. Silva vem se esquivando das perguntas sobre o tema e ultimamente não confirma, mas também não nega. Onde há fumaça, há fogo. Ficaria a dúvida, no caso de realmente se configurar esta situação, se a movimentação seria antes ou depois das eleições da Mesa Executiva.

Paulo Sérgio Rodrigues, editor – paulosergio@politicaemdestaque.com.br

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →