Ex-Prefeito é condenado por improbidade administrativa e perde direitos políticos

altamir sansonO ex-Prefeito de Palmeira, Altamir Sanson (foto), foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná, por atos de improbidade administrativa. A decisão proferida pela juíza substituta Caroline Delduque Sennes Basso foi publicada no último dia 31 de outubro, e suspende os direitos políticos do ex-Prefeito por 3 anos, além do pagamento de multa equivalente a duas vezes o valor do salário do prefeito na época.

De acordo com o despacho da juíza, os atos que motivaram a condenação estão relacionados com a contratação de 3 empresas para execução de serviços de jardinagem para a Prefeitura de Palmeira, entre os anos de 2005 e 2006, sem a realização de licitações. Além de Sanson, outros dois empresários envolvidos no caso foram condenados também na mesma decisão.

A denúncia foi feita por um advogado em março de 2007, depois que um empresário foi buscar informações a respeito da situação. O caso foi levado ao Ministério Público, que depois de investigações, enviou a o caso para a Promotoria de Justiça a qual abriu a ação.

Altamir Sanson afirmou, em sua defesa, entender que os procedimentos foram dentro da legalidade, agindo de acordo com orientações e pareceres da Assessoria Jurídica na época, realizando contratações dentro do limite de R$ 8 mil sem licitações e que consultará seu advogado para verificar a possibilidade de recorrer da decisão.

 * As informações são do jornal Gazeta de Palmeira.

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →