Vereador Gaiola cobra providências quanto a irregularidades

Vereador Gaiola - Palmeira
Vereador Gaiola cobrou providências quanto às denúncias de irregularidades.

Os vereadores de Palmeira estiveram reunidos em Sessão Ordinária na última terça-feira (18) e deliberaram sobre vários projetos, entre eles alguns que, somados, abrem créditos especiais no Orçamento do Município de mais de R$ 127 mil. Fizeram uso da palavra os vereadores pastor Anselmo Osório e João Alberto Ferreira da Costa (Gaiola).

O vereador pastor Anselmo Osório disse no uso da tribuna, que na semana passada, esteve na empresa que está em fase de implantação de sede no município palmeirense juntamente com o secretário de Indústria e Comercio, Jaudeth Ramos Hajar. O vereador comentou que a CCS já conta com 85 funcionários, sendo destes 95% do município de Palmeira.

Gaiola discorreu sobre o tema corrupção. O vereador citou neste contexto o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), o plano saúde de servidores municipais (Imasp), o suposto desvio de recursos na Câmara e uma CPI realizada na legislatura passada que apurava irregularidades na Prefeitura. Ele atribuiu a Câmara e a próxima Mesa Executiva da Casa, o dever de fiscalizar e investigar estas situações. “A Câmara tem tudo a ver com isso. Aqueles que quiserem dirigir esta Casa tem que ter vontade de resolver e tem que ter coragem para resolver. A próxima Mesa Diretora terá que dar resposta a tudo isso”, disse o vereador, que garantiu que não é candidato a próxima Mesa para continuar utilizando com liberdade da tribuna.

Aprovados

Em segunda discussão foram votados apenas projetos de lei de aberturas de crédito. Para a Secretaria Municipal de Educação autorizada a abertura de crédito adicional suplementar, no valor de R$ 26.985,00 para o pagamento de obrigações patronais, INSS e FGTS relativo aos meses de novembro e dezembro deste ano.

Autorizada também a abertura de crédito adicional especial, no valor de R$ 66 mil, destinados ao reforço de dotação orçamentária na Secretaria Municipal de Meio Ambiente para o pagamento da coleta e transporte de resíduos domiciliares, de saúde e comerciais das áreas urbanas e rurais, bem como para a manutenção do aterro sanitário.

Para a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura foi aprovado o projeto que autoriza a abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 4.175,90 acertar convênios de módulos sanitários com a União.

Já para a Secretaria Municipal da Fazenda foi aprovada a abertura de crédito adicional suplementar, no valor de R$ 6.800,00 para adequação orçamentaria. Enquanto para Secretaria Municipal de Saúde aprovada a abertura de crédito, no valor de R$ 30.432,71 destinados ao reforço de dotação orçamentária para o pagamento de médicos que prestam serviço ao Município.

* Com informações da Assessoria de Comunicação.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →