Deputado Aliel comemora a suspensão da portaria que flexibiliza o trabalho escravo

Aliel Machado comemorou a decisão do STF que suspendeu a portaria. Foto: Arquivo.
O deputado federal Aliel Machado comemorou a decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, que suspende os efeitos da portaria assinada pelo presidente Michel Temer, a qual flexibilizava as regras de combate e fiscalização ao trabalho análogo ao escravo.
A decisão do STF foi tomada no final da tarde desta terça-feira (24) depois de análise de um pedido feito pela Rede Sustentabilidade, através de uma DPF apresentada pelos parlamentares, que pede a anulação da portaria.  Além deste pedido, Aliel é um dos autores de um Projeto de Decreto Legislativo, junto com o deputado Alessandro Molón (REDE-RJ), que também pretende reverter essa decisão de facilitar o trabalho escravo.
Após a publicação da decisão da ministra, o deputado paranaense apareceu nas redes sociais ao lado de Alessandro Molon comemorando a revogação da portaria:  “Tivemos uma grande vitória que pode ter reflexos inclusive na votação da denúncia contra o Temer amanhã, no plenário”, afirmou Aliel.
Na semana passada, logo após a apresentação da portaria, os parlamentares da Rede fizeram uma manifestação junto com entidades defensoras dos direitos trabalhistas no salão verde da Câmara. “Estamos provando que além de imoral e de colocar o país em situação vexatória no mundo todo, esta portaria também é ilegal”, disse o parlamentar.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor – com assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →