Deputados se unem contra o fechamento do CEEBJA em Ponta Grossa

Deputados Aliel Machado e Péricles de Mello interviram para que o CEEBJA não fosse fechado.

Os deputados Aliel Machado e Péricles de Mello interviram junto a Secretaria de Educação do Paraná para que o prédio que abriga o CEEBJA da UEPG em Ponta Grossa não fosse desativado em definitivo.

Aliel recebeu uma ligação dos funcionários do CEEBJA na segunda-feira (23) e foi até o local verificar o que estava ocorrendo. Ficou sabendo pelos profissionais de educação que o prédio passava por problemas estruturais e talvez a Secretaria de Educação fosse desativar o local no ano que vem, alocando os profissionais e alunos em outras unidades de ensino.

Naquele mesmo dia, o deputado Aliel manteve contato com o Núcleo Regional de Ensino, em Ponta Grossa e recebeu a informação de que haveria apenas a necessidade de alguns reparos na estrutura física do prédio, mas que não haveria o fechamento do CEEBJA.

NA ASSEMBLÉIA

Na terça-feira, 24, o deputado estadual Péricles de Mello utilizou a tribuna durante a sessão na Assembléia Legislativa e criticou a falta de iniciativa do Governo do Estado. “O prédio do CEEBJA encontra-se interditado há 10 meses. Suas atividades estão ameaçadas de encerrar, prejudicando jovens e adultos que querem estudar na perspectiva de melhorar de vida“, disse o deputado, que completou: “Vou apresentar um requerimento à Secretaria de Estado da Educação para que sejam tomadas providências imediatas a fim de garantir o próximo ano letivo a esses alunos“.

A expectativa dos profissionais e alunos que utilizam o local é que a Secretaria de Educação tome providências para realizar as obras o quanto antes e a partir do início do ano letivo de 2018 o prédio esteja em condições de receber os alunos que precisam do espaço para concluir seus estudos.

  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →