Ponta Grossa está em 8º lugar no Índice de Gestão Municipal, segundo TCE

Tribunal de Contas apresentou o IEGM em evento realizado nesta quarta-feira em Curitiba. Foto: divulgação.
O Tribunal de Contas do Paraná – TCE, lançou um novo mecanismo de controle e medição dos gastos dos municípios paranaenses: trata-se do Índice de Efetividade da Gestão Municipal – IEGM, que avalia sete indicadores da qualidade dos gastos públicos municipais: educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, tecnologia da informação e planejamento contra desastres naturais.
Nesta quarta-feira (18) , o TCE apresentou o primeiro IEGM pelo presidente Durval Amaral, durante o painel do 3º Congresso Internacional de Controle e Políticas Públicas, evento promovido pelo Instituto Rui Barbosa (IRB), com apoio do TCE-PR, em Curitiba.
PONTA GROSSA EM 8º
Da região dos Campos Gerais, Ponta Grossa aparece na 8ª colocação com o índice de efetividade de 0,74, recebendo a nota B, e a cidade de Imbituva aparece na 22ª posição, com índice de 0,7 e nota B também. Outros municípios dos Campos Gerais não aparecem entre os 30 primeiros.
O índice de cada município é calculado por uma equipe interna do TCE, que avalia os questionários preenchidos pelas próprias prefeituras com dados sobre os gastos de cada cidade nos setores determinado.
Este índice será atualizado anualmente pelo Tribunal de Contas do Paraná.
A tabela abaixo mostra os 30 municípios mais bem avaliados nesta primeira edição do IEGM, que levou em conta dados declaratórios de 2016.

Município

IEGM

Nota

Índice

Sigla

  1. CURITIBA

77

0,77

B+

  1. UBIRATÃ

77

0,77

B+

  1. ARAPONGAS

76

0,76

B+

  1. PINHAIS

76

0,76

B+

  1. SÃO JORGE DO IVAÍ

76

0,76

B+

  1. IVAIPORÃ

75

0,75

B+

  1. CIANORTE

74

0,74

B

  1. PONTA GROSSA

74

0,74

B

  1. RENASCENÇA

74

0,74

B

  1. CHOPINZINHO

73

0,73

B

  1. ESPIGÃO ALTO DO IGUAÇU

73

0,73

B

  1. MATINHOS

73

0,73

B

  1. IBIPORÃ

72

0,72

B

  1. JANDAIA DO SUL

72

0,72

B

  1. JAPURÁ

72

0,72

B

  1. MARIPÁ

72

0,72

B

  1. CAMPINA GRANDE DO SUL

71

0,71

B

  1. GUAPIRAMA

71

0,71

B

  1. MARINGÁ

71

0,71

B

  1. PALOTINA

71

0,71

B

  1. TOLEDO

71

0,71

B

  1. IMBITUVA

70

0,7

B

  1. IVATUBA

70

0,7

B

  1. MARMELEIRO

70

0,7

B

  1. MIRADOR

70

0,7

B

  1. QUATRO BARRAS

70

0,7

B

  1. REALEZA

70

0,7

B

  1. SANTA HELENA

70

0,7

B

  1. SANTA TEREZINHA DE ITAIPU

70

0,7

B

  1. SERRANÓPOLIS DO IGUAÇU

70

0,7

B

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →