Aeroporto Santana se prepara para receber unidade do GRAER

Unidade do GRAER em PG ajudará no atendimento a vítimas e também no policialmente ostensivo. Foto: Divulgação.
O Aeroporto Santana passa por inúmeras transformações desde que o secretário Paulo Henrique Carbonar assumiu a pasta. Com algumas reformas, o aeródromo já recebe vôos regulares para Campinas-SP e se prepara para aumentar ainda mais sua capacidade de atendimentos de linhas comerciais e de interesse público. 
A grande novidade desde começo de 2018 é a liberação de uma unidade do GRAER para Ponta Grossa, que deverá ser instalada no Aeroporto Santana até o mês de abril. 
De acordo com informações colhidas pela reportagem do Política Em Destaque, a direção do Aeroporto Santana já contratou uma empresa para realizar adequações estruturais na pista e também nas instalações para que possa receber um helicóptero do Batalhão de Operações Aéreas para operação do Grupamento Aeropolicial – Resgate Aéreo – GRAER.
A FUNÇÃO DO GRAER
O GRAER foi criado em outubro de 2010 e está subordinado ao Subcomandante-geral da Polícia Militar do Paraná. O GRAER está sediado em Curitiba, no Hangar 23 do Aeroporto do Bacacheri, mas o Comandante-geral da PMPR está autorizado a também criar bases operacionais no interior do Estado, como já existe em outras cidades e agora ocorrerá em Ponta Grossa. 
A missão do GRAER e realizar policiamento aéreo ostensivo, além de realizar o socorro público, em casos graves de acidentes, além de ações da defesa civil, além de apoiar operações da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, bem como de órgãos federais, estaduais e municipais de atendimento à população.

* Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →