Ponta Grossa teve o maior saldo de emprego entre as maiores do Paraná em 2017

Ponta Grossa foi uma das campeãs em empregos formais no Paraná.
Quase 300%. Esse foi o crescimento do saldo de empregos de Ponta Grossa no comparativo entre 2016 e 2017. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nessa sexta-feira apontam que, de -534 em 2016, o saldo do ano passado fechou em +1.038, o que significa mais admissões do que demissões realizadas. Esse é o maior número entre as cidades com mais de cem mil habitantes no Paraná, e o segundo maior entre os municípios com população superior a 30 mil habitantes, ficando apenas atrás de Pato Branco.
O setor mais expressivo na média anual foi o de serviços, com 681 vagas criadas, seguido da construção civil (366) e comércio (234). O menor saldo foi registrado na administração pública, que finalizou o ano com -187. No total, foram feitas 31.448 admissões contra 30.410 demissões, gerando o saldo positivo de 1.038. Esse número representa quase 30% do saldo do estado, que foi de 3.539.
Para o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Carbonare, o resultado significativo proporciona à cidade uma representatividade ainda maior no cenário paranaense. “Ter Ponta Grossa como a melhor cidade no saldo de empregos entre as maiores do Paraná prova esse nosso momento de desenvolvimento e faz o município ser reconhecido como uma potência em expansão”, avalia Carbonare.
O gestor também lembra que, mesmo com o cenário positivo, a Prefeitura continua investindo em projetos que visam o crescimento ordenado a médio e longo prazo. “Além de programas realizados a partir de parcerias, como a aceleradora de negócios ‘Voe’, por exemplo, estamos empregando quase R$ 200 mil no PMAI e na inovação”, aponta o secretário, referindo-se ao Plano Municipal de Atração de Investimentos, que visa desenvolver estratégias de progresso setoriais, e ao mapeamento do ecossistema de inovação, que está criando um plano de ação para desenvolvimento local das micro e pequenas empresas.
A prefeita em exercício e presidente da Fundação Municipal de Turismo, Elizabeth Schmidt, destaca o ciclo de desenvolvimento e investimentos pelo qual a cidade está passando nos últimos anos. “O número de empregos reflete diretamente a economia local. A gestão municipal tem realizado fortes investimentos na educação, turismo e infraestrutura, o que otimiza a empregabilidade e atrai empreendedores para o município”, aponta Elizabeth.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →