Assembléia Legislativo do PR abre novo período legislativo nesta segunda-feira

Sessões da ALEP serão retomadas nesta segunda-feira (5). Foto: Arquivo.
A retomada dos trabalhos em Plenário – a primeira sessão ordinária acontece nesta segunda-feira (5), às 14h30 – marca também o reinício dos trabalhos das 26 Comissões permanentes da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), que têm a responsabilidade de analisar os projetos antes de serem submetidos à votação pelos 54 deputados estaduais. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) já tem reunião agendada para a terça-feira (6), às 13h30, no auditório legislativo.
As reuniões da CCJ – que é integrada por 13 parlamentares – são públicas, podendo ser acompanhadas por qualquer cidadão. Todas as reuniões são transmitidas ao vivo pelo Facebook da Alep e também pela TV Assembleia (canal 16, da NET). Cabe a essa comissão emitir parecer quanto à constitucionalidade, legalidade, juridicidade, adequação regimental e caráter estrutural das proposições. A pauta da Comissão, com todos os projetos que serão votados, é publicada semanalmente no site da Assembleia.
Após o período de recesso das sessões, conforme determina o artigo 61 da Constituição Estadual, os trabalhos em plenário na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) recomeçam na segunda-feira (5) quando acontece a primeira reunião da 4ª e última sessão legislativa da 18ª legislatura.
A partir das 14h30 será realizada sessão plenária para apresentação da mensagem e o plano de governo do Poder Executivo, expondo a situação econômica e administrativa do Estado, em cumprimento ao disposto no artigo 87, inciso X, da Constituição do Estado do Paraná.
A sessão será transmitida pela TV Assembleia e poderá ser acompanhada pela NET, Rede Mercosul e Youtube, além da transmissão ao vivo pelo Facebook do Legislativo paranaense.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →