Moradores da Ronda e Jardim Maracanã pedem “socorro” a Prefeitura

Ruas do Jardim Maracanã estão impraticáveis. Fotos: Amarelinha da Rádio MZ.
Os moradores do bairro da Ronda e também do Jardim Maracanã, estão pedindo socorro para que a Prefeitura tome providências quanto as condições das ruas destas localidades. Várias reclamações já foram feitas, mas até agora nenhuma providência foi tomada.
A “Amarelinha” da Rádio MZ FM, unidade móvel que faz reportagens todos os dias pelos bairros e vilas de Ponta Grossa, esteve nesta semana nas ruas próximas a Escola Municipal Aristeu da Costa Pinto e a Unidade Básica de Saúde Dr. Roberto de Jesus Portela, assim como no Jardim Maracanã para verificar reclamações de moradores quando as péssimas condições das ruas destas vilas.
De acordo com o repórter Dudu, da Rádio MZ, “realmente as ruas estão em estado lastimável, foi difícil até andar a pé, imagine tentar com o carro”. O repórter relatou ainda que recebeu diversas reclamações de pais e mães de alunos da Escola Aristeu que precisam levar seus filhos para a escola todos os dias e tem dificuldades principalmente quando chove. “As ruas estão impraticáveis, principalmente a Cruzeiro do Oeste”, relata uma das moradoras.  O problema é o mesmo quando os moradores precisam ir até a unidade de saúde.
O detalhe é que esta rua fica a menos de 1000 metros do prédio da Prefeitura, no bairro da Ronda.
NEM CARRO ANDA
No Jardim Maracanã não foi diferente. A Amarelinha esteve nesta quinta-´feira, dia 22, no local junto com o presidente da Associação dos Moradores, Sérgio da Silva. O presidente contou para a reportagem que já faz meses que vem pedindo para os órgãos competentes da Prefeitura de Ponta Grossa uma solução para o problema, mas até agora sem sucesso.
“Durante a reportagem inclusive, um veículo tentou subir a Rua Nova Esperança, mas teve que desistir devido as péssimas condições da via”, contou o repórter da emissora.
FALTA DE DENTISTA NA UBS
Outro problema identificado pela reportagem da Rádio MZ FM, é a falta de dentista na Unidade Roberto de Jesus Portela na Ronda. Uma moradora contou que na semana passada precisou levar seu filho para uma consulta e seu filho pequeno estava com dor de dente. O atendimento não aconteceu porque a dentista da unidade estava de licença médica e não foi substituída. Ou seja, a população daquela região da Ronda não poderia sentir dores de dente de forma alguma até que a dentista voltasse da licença.
A Rádio MZ FM recebe inúmeras reclamações de moradores de diversas vilas de Ponta Grossa e de cidades da região dos Campos Gerais também. A equipe da reportagem monta um roteiro semanal de visitas para verificar em loco todas as situações e encaminhar pedidos aos órgãos competentes da Prefeitura.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →