Base aliada tenta convencer Plauto a não deixar DEM e apoiar Ratinho Júnior

Plauto deixa o DEM e filia-se do PSC, que apoia Ratinho Júnior. Importante alteração no quadro político do Estado.
A semana começou quente pelos lados da Assembléia Legislativa do Paraná e no Palácio Iguaçu. Ocorre que no final do feriado de Páscoa, a assessoria do deputado estadual Plauto Miró Guimarães Filho largou nota dizendo que o primeiro secretário da ALEP estaria de malas prontas para trocar de partido, deixando o Democratas e indo de estabelecer no PSC.
Além de deixar um partido que esteve filiado há 33 anos, já que o DEM é o antigo PFL, Plauto estaria deixando a base aliado do governo estadual, que passará para as mãos da vice-governadora Cida Borghetti até o final desta semana. De quebra, Plautinho encorpa significativamente a pré-candidatura de Ratinho Júnior (PSD) a governador, por levar com ele um grupo organizado de apoiadores, caso confirme de fato esta mudança.
TIRANDO A ROUPA DA NOTÍCIA
Mas, a pergunta intrigante desta importante mudança no quadro político, é porque o deputado Plauto estaria tomando esta surpreendente decisão?
De acordo com informações de fontes ligadas a Mesa Executiva da ALEP, o deputado Plauto teria ficado muito aborrecido com a condução das articulações por parte do (agora) deputado Ricardo Barros, chefão do PP no Paraná, junto a lideranças na região dos Campos Gerais, na montagem da base partidária de apoio a candidatura de vice-governadora Cida Borghetti.
Plauto, que não teria gostado do rumo das conversas de Barros com prefeitos, vices, deputados e outros aliados da região, confessou para interlocutores que não ficaria bom para ele daquele jeito com as coisas estavam caminhando e que mudar de rumo seria a melhor opção.
Logo na segunda-feira (2) pela manhã, o deputado Plauto postou nas redes sociais o seguinte comentário: “Depois de um feriado de descanso e muita reflexão, estou pronto para trilhar novos rumos. Afinal, Páscoa é renovação. A vida exige isso.”
“Trilhar novos rumos…” talvez seja a mudança para o PSC, situação que o colocaria de fato na pré-campanha do deputado Ratinho Júnior, deixando o grupo político que tentará eleger Cida Borghetti para dar continuidade no comando do governo estadual.
Claro e evidente que a turma do abafa no mesmo dia já correu para manter aquele famoso “tete-a-tete” com o deputado Plauto, tentando demove-lo da decisão e quem sabe apresentar-lhe novas opções na sua caminhada rumo à tentativa de um oitavo mandato.
Entretanto, é possível que Plauto leve em consideração também o fato de que um político com tanto tempo de estrada, leva consigo o fator do desgaste perante a opinião pública. Este talvez seja mais um ingrediente nesta complexa mistura partidária, pois com a perspectiva de queda na votação, o deputado pense que é melhor mudar para um partido que lhe proporcione melhores condições de reeleição.
O fato é que a novidade agitou bastante os bastidores da política estadual e agora precisamos aguardar se Plauto refluirá da decisão tomada durante o feriado, ou não.
A semana ainda está começando, mas tem tudo para ser eletrizante sob o ponto de vista de novidades e alterações nos mais importantes grupos políticos do estado.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →