Pauliki percorre 11 cidades em que repasse de recursos chega a R$ 2,6 mi

Em Araruna, o deputado Pauliki apresentou os projetos e emendas para as lideranças locais. Foto: Divulgação.
O deputado estadual Marcio Pauliki está percorrendo nesta semana 11 municípios que representa para debater uma agenda positiva para o desenvolvimento do Paraná e implantação de políticas públicas. Pré-candidato à deputado federal, Pauliki já encaminhou, entre emendas e recursos via Nota Paraná Solidária, R$ 2,6 milhões para essas cidades.
Pauliki está visitando Guarapuava, Pitanga, Guamiranga, Arapuã, Peabiru, Araruna, Paiçandu, Mandaguari. Novo Itacolomi, Faxinal e Prudentópolis. “É preciso estar em contato com a população e com as lideranças políticas e comunitárias locais para fazer um trabalho em prol da sociedade, procurando atender as principais demandas da comunidade”, afirma Pauliki. Durante a viagem, o deputado aproveita para prestar contas de seu mandato junto à população.
Só de emendas parlamentares, Pauliki destinou para esses 11 municípios um pouco quase R$ 1,1 milhão. São repasses para melhorias na infraestrutura urbana, reformas de colégios, de postos de saúde, aquisição de equipamentos para postos de saúde e veículos para as pastas de saúde e agricultura. “Além de legislar e fiscalizar as ações do governo, o deputado estadual tem que atuar junto às lideranças locais procurando levar investimentos para as cidades. Especialmente para municípios de menor porte que já possuem dificuldades de arrecadação”, enfatiza o deputado.
Em relação à Nota Paraná Solidária, que foi implantado pelo governo estadual após um requerimento proposto por Pauliki, entidades dessas 11 cidades já foram contemplados com R$ 1,5 milhão desde que o programa foi instituído em julho de 2016.
“A Nota Paraná Solidária representa uma importante contribuição monetária para a arrecadação dessas entidades. Isso significa que as instituições ampliam suas verbas, possibilitando aumentar o número de pessoas contempladas e ainda permite o investimento em melhorias estruturais”, ressalta Pauliki, que tem se reunido com representantes de entidades desses 11 municípios durante a viagem.
Para doar a nota para uma entidade social, o contribuinte não pode informar seu CPF no momento da compra. A nota fiscal pode ser depositada nas urnas que as instituições espalham pelo comércio ou o contribuinte faz a doação diretamente no site www.notaparana.pr.gov.br ou no aplicativo do programa, na aba “Minhas Doações”.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *