SAMU receberá ambulância conquistada com emenda de Aliel

Serviços do Samu de PG receberão novas ambulâncias nos próximos meses.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Ponta Grossa irá receber nos próximos meses uma ambulância nova para atendimento à população. O recurso já está depositado na conta da prefeitura e foi conquistado por meio de uma emenda parlamentar de 2017, indicada pelo deputado federal Aliel Machado (PSB). Além da ambulância, parte dos R$ 360 mil da emenda será usado para a aquisição de três veículos para atender a atenção básica.
De acordo com a secretária de Saúde do município, Angela Pompeu, a aquisição dos veículos depende apenas da aprovação de um projeto na Câmara Municipal. Segundo ela, essa é uma atualização da frota na Saúde. “É extremamente importante porque contempla melhorias para a segurança dos servidores e também dos pacientes”, destaca Angela.
Para o deputado Aliel, a compra da ambulância e dos veículos são fundamentais para melhorar o atendimento à população. “Nosso mandato prioriza o atendimento em saúde. Percorremos os municípios e vemos o quanto as pessoas precisam de mais qualidade no atendimento. E em Ponta Grossa não é diferente. Tanto que mais da metade do que indicamos ao município foi para essa área”, revela ele.
Em pouco mais de três anos, o parlamentar já destinou, somente em emendas individuais, mais de R$ 6,3 milhões para a Saúde em Ponta Grossa. Além da maternidade pública, que teve a maior indicação de um deputado federal para o município (R$ 4 milhões), Aliel já destinou R$ 1,5 milhão para o Pronto Socorro Municipal (recurso que está na conta da prefeitura desde dezembro de 2016), R$ 250 mil para o Bom Jesus e R$ 240 mil para a reforma da Unidade de Saúde do 13 BIB, que atende a familiares dos militares e também alivia o atendimento público.
  • da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →