E agora “manos”, quem ficará ao lado de Beto Richa neste momento?

Sandro, Richa e Marcelo. Parceria esquecida?
A foto é emblemática! Na verdade, a imagem fala por si só…Beto Richa, então governador, é paparicado pelo deputado Sandro Alex e pelo seu “mano” Marcelo Rangel, alcaide de PG City. Bons tempos para todos!
O mundo, tal qual uma esfera, roda…roda… e agora, com o ex-governador com a imagem mais suja que pau de galinheiro, os manos simplesmente permanecem quietos, calados…como se até alguns dias atrás não fossem os verdadeiros puxa-sacos de primeira hora do filho mais novo do saudoso José Richa, o qual – por sinal – deve estar se revirando no túmulo devido ao lamaçal de escândalos que seu filho se envolveu.
Denunciado em mais de 5 processos na justiça, o ex-governador Beto Richa é acusado, entre outras coisas, de ser o chefe-maior do esquema de corrupção que desviou mais de R$ 20 milhões da construção e reforma de escolas públicas no Paraná, de acordo com as delações de seus antigos parceiros políticos.
A situação é tão crítica, que Beto Richa já pode ser considerado no mesmo nível do ex-presidente Lula em termos de processos judiciais abertos contra ele. Concorrência difícil!
E a história conta que, normalmente, a gente só se dá conta dos verdadeiros amigos, quando as vacas gordas emagrecem, morrem e se tornam fantasmas a assombrar o passado recente.
Assim é a relação de Sandro e Marcelo com Beto Richa. Enquanto interessava para os manos, tudo era azul, tal qual a logo da empresa que aérea que atua em Ponta Grossa.
Agora, com a chuva de denúncias sobre Richa, Sandro e Marcelo se escondem pelos cantos e fazem de conta que nada está acontecendo, como se o Paraná fosse um longínquo e desconhecido distrito da China.
Mas, o povo tem memória e a história conta que Sandro Alex e Marcelo Rangel foram parceiros de primeira hora de Beto Richa.
Não que eles tenham que responder pelas atitudes do amigo esquecido. Afinal de contas, ninguém responde pelas ações dos outros.
O que Beto Richa pode estar se perguntando é: onde estarão meus amigos quando mais preciso deles?
Ninguém saiu em defesa dele. Ex-governador envolvido em escândalos de corrupção? Não…não conheço ninguém!
A política é fria e calculista. Amizades se destroem em segundos e parcerias de anos acabam em de uma hora para outra.
Por isto, é importante nunca nos esquecermos da efemeridade das relações entre nossos representantes, os quais podem estar juntos em uma foto somente quando há interesse mútuo em jogo.

 

  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →