Pauliki presta contas do mandato, visita entidades e dá pontapé para o início da campanha eleitoral

Pauliki percorre o Norte do Estado e visita instituições que arrecadaram, juntas, mais de R$ 6,4 milhões por meio do Nota Paraná Solidária – idealizado pelo deputado.
Nesta semana, o deputado estadual Marcio Pauliki termina de prestar contas de mandato eleitoral. Em 45 dias, o parlamentar visitou cerca de 100 municípios de sua base, se reunindo com lideranças comunitárias, políticas e instituições sem fins lucrativos. Pauliki visitou cidades das regiões dos Campos Gerais, do Norte Pioneiro, do Centro-Sul, Oeste e também da Região Metropolitana de Curitiba.
Nesta quinta-feira (16), Pauliki, candidato a uma cadeira de deputado federal, inicia também a campanha eleitoral. É a partir desta data que, segundo a legislação eleitoral, fica permitida a propaganda eleitoral.
Nesta semana Pauliki tem percorrido a região Norte do estado, passando pelas cidades de Rolândia, Londrina, Paiçandu, Centenário do Sul, Astorga, Nova Esperança, Mandaguari e Jandaia do Sul. Somente nestas cidades, o projeto Nota Paraná Solidária, idealizado por Pauliki, destinou mais de R$ 6,4 milhões.
Pauliki é autor do Requerimento 4198/2015 que instituiu na legislação do programa Nota Paraná a doação de notas fiscais sem CPF para entidades e instituições do estado. “Precisamos pensar em alternativas para que instituições possam ter recursos financeiros para expandir suas ações e aperfeiçoar suas infraestruturas. Isso pode ser projetado a nível nacional”, afirma Pauliki. As entidades estão inclusive ampliando e construindo novas sedes, como é o caso da Apae de Astorga que apresentou o projeto ao Pauliki.
PRESTAÇÃO DE CONTAS
A prestação de contas de Pauliki, que será candidato a deputado federal, é sinônimo de transparência pública defendida pelo deputado. “É fundamental levar aos municípios o que eu fiz como representante da sociedade na Assembleia Legislativa. Transparência é fundamental para fazer uma política correta, honesta e de resultados”, ressalta Pauliki. Segundo ele, essa postura demonstra respeito ao cidadão.
BALANÇO DO TRABALHO
Durante esse período, Pauliki já destinou mais de R$ 22 milhões em repasses e recursos para as cidades que representa. É o maior montante destinado por um deputado estadual da região de primeiro mandato. O deputado é autor do projeto Nota Paraná Solidária, que destina repasses a entidades sociais sem fins lucrativos por meio da doação de notas fiscais sem CPF. Até o momento já foram destinados quase R$ 80 milhões para essas instituições que prestam um serviço essencial para toda a comunidade.
Entre as conquistas do deputado estão as liberações de um total de R$ 10 milhões para a primeira e segunda fase do Instituto do Câncer dos Campos Gerais (ICCG), que está sendo estruturado no Hospital Regional dos Campos Gerais em Ponta Grossa. Na área de saúde, ainda destinou para os municípios sete aparelhos de raio-x, quatro kits de fisioterapia, quatro ambulâncias, quatro ônibus e vans de saúde, além dos mutirões de saúde como as cirurgias de catarata.
Além disso, o deputado intermediou o repasse de verbas para construções, reformas e ampliações de 18 unidades básicas de saúde, além de investimentos na segurança pública e nas áreas esportivas, educacionais e de geração de empregos. Além disso, o deputado intermediou o repasse de verbas para construções, reformas e ampliações de 18 unidades básicas de saúde, destinou 14 veículos os munícipios cidades e cinco veículos para as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes).
Na área de segurança, o deputado Pauliki indicou para o governo do estado a entrega de 40 viaturas – 20 para a Polícia Militar, 10 para a Polícia Civil e 10 para o Corpo de Bombeiros. Além disso, apresentou emenda para a compra de quatro módulos móveis da Guarda Municipal de Ponta Grossa.
Destinou, ainda, repasses para a aquisição de equipamentos para usinas de reciclagem e para a reforma de colégios estaduais. Na área agrícola, Pauliki conquistou recursos para a compra de 28 veículos e carretas para os municípios, duas patrulhas rurais completas e verbas para a manutenção de estradas rurais.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →