Vereador apresenta projeto para extinguir a tarifa mínima da Sanepar

Vereador apresentou projeto para extinguir tarifa mínima de água. Foto: Kauter Prado – CMPG.
O vereador George Luiz de Oliveira anunciou, durante pronunciamento na Sessão da Câmara Municipal de Ponta Grossa, nesta segunda-feira (29) que protocolou um Projeto de Lei, em trâmite nas comissões internas da Casa, pelo qual a concessionária dos serviços de abastecimento de água e serviços de esgoto, a Sanepar, ficaria proibida da cobrança de valor mínimo de consumo ou tarifa de água e esgoto na cidade.
De acordo com George, o projeto baseou-se em uma proposta apresentada nos mesmos moldes na cidade de Maringá, a qual foi aprovada e virou Lei naquela cidade. “Apresentei o projeto aprovado em Maringá e espero que logo seja enviado para este plenário para que possamos votar e aprovar esta proposta”, comentou George.
“A cobrança de taxa mínima ou consumo mínimo é um abuso da Sanepar a queremos acabar com este abuso”, disse George.
Entretanto, o vereador deve ter ciência das enormes dificuldades em aprovar um projeto destes, tendo em vista a banca governista na Câmara de Ponta Grossa não ser muito simpática a projetos e propostas que mexam demais nas tratativas do contrato de concessão entre a Prefeitura e a Sanepar.
Haverá dificuldades para a aprovação deste projeto, certamente.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →