Presidente da Câmara tenta impedir pronunciamento de deputada eleita

Cartão amarelo: Macedo toma atitude anti-democrática e desrespeitosa com deputada eleita.
A Câmara Municipal de Carambeí não deixa de produzir as piores “pérolas” de sua história recente. Em uma atitude totalmente anti-democrática e desrespeitosa, o presidente Diego Macedo (DEM) não deixou que a deputada estadual eleita Mabel Canto (PSC) fizesse um pronunciamento na abertura da sessão na terça-feira (6) da semana passada.
A assessoria da deputada Mabel entrou em contato com o presidente, para que a deputada eleita pudesse utilizar alguns minutos da sessão para agradecer os votos recebidos em Carambeí e colocar-se a disposição do legislativo e também da população da cidade a partir de fevereiro, na Assembléia Legislativa.
Macedo respondeu que a deputada deveria fazer um requerimento por escrito e protocolado 24 horas da sessão e se aprovado, então ela poderia fazer o pronunciamento.
Como já era terça-feira (6) pela manhã, não haveria tempo hábil para aquele dia.
Lamentável, sob todos os aspectos a atitude ditatorial de Diego Macedo, totalmente anti-republicana, colocando obstáculos para que uma representante do povo fizesse uso da tribuna.
Diante disto, a população de Carambeí está se perguntado: se uma deputada eleita tem dificuldades para utilizar a Tribuna da Câmara, imaginem se uma pessoa do povo tentar falar no legislativo? Nunca irá conseguir.
Pegou muito mal para o legislativo de Carambeí. Será que teria ele tomado tal atitude porque, segundo informações de bastidores, trabalhou para outro candidato a deputado estadual? Se isto também for verdade, a situação constrangedora seria ainda maior.
A assessoria da deputada eleita Mabel Canto lamentou o ocorrido, mas salientou que fará o protocolo do requerimento em outra oportunidade.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

 

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →