Prefeitura inicia cadastro de ambulantes em Ponta Grossa

O cadastro está sendo feito na sala 12 do Edifício Princesa, localizado em frente ao Ponto Azul.
A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP), iniciou hoje o cadastro dos vendedores ambulantes da cidade. O prazo vai até o dia 28 de fevereiro e a ação faz parte do projeto “Ambulante Legal”, que visa promover atividades voltadas a este público.
Segundo o coordenador de administração da SMICQP, Nilton Bahls, a expectativa é de que entre duzentos e trezentos ambulantes se apresentem. “Com o nosso banco de dados atualizado conseguimos mensurar a atividade dentro do município e desenvolver políticas que ofereçam apoio a estes trabalhadores, como cursos de qualificação profissional, por exemplo”, explica Bahls.
No final do ano passado o prefeito e secretário da SMICQP, Marcelo Rangel, se reuniu com mais de 160 vendedores e apresentou as ideias principais do projeto. “Vamos criar kits de identificação para uniformizá-los, credenciando-os junto ao governo municipal para ofertar suporte técnico, procurando beneficiar não só os ambulantes, mas também quem usufrui dos seus produtos”, apontou Rangel.
O cadastro está sendo feito na Sala do Ambulante, localizada na sala 12 do Edifício Princesa (em frente ao Ponta Azul). O horário de atendimento vai das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas de segunda a sexta-feira, e os comerciantes deverão apresentar uma foto 3×4 do ambulante e seu(s) ajudante(s) e cópias do seu RG, CPF e comprovante de residência. Mais informações podem ser conseguidas junto à Sala de Qualificação Profissional através do telefone 3220-1000, ramal 1250.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →