Cohapar nomeia mulher de ex-deputado, filho de secretário e ex-assessor de Beto Richa

Anselmo Meyer foi assessor de Beto Richa (esquerda) e Fabio é filho do secretário Ortigara. Tudo em casa na Cohapar.
A Companhia de Habitação do Paraná, Cohapar, acabou de nomear três novos superintendentes, cargos comissionados com salários bem interessantes em sua estrutura administrativa. Claro que as nomeações não passaram em branco nas mãos dos deputados estaduais de oposição que já trataram de dar publicidade aos atos.
O curioso e até certo ponto espantoso, é que nestas nomeações estão alguns nomes interessantes, os quais merecem uma certeza análise.
A primeira: Elizabeht Akemi Ueta Nishimori, mulher do deputado federal Luiz Nishimori, foi nomeada Superintendente de Relações Institucionais. O deputado, lembramos, foi acusado no ano passado de desviar quase R$ 3 milhões de salários de funcionários fantasmas.
Depois temos nada mais, nada menos, do que Fábio Ortigara, filho do secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Norberto Urtigara. O nepotismo descarado renderá ao jovem o cargo de Superintendente de Obras.
E o pior de todos: foi nomeado para Superintendente de Regularização Fundiária Anselmo Tarcisio Filgueiras Meyer, que foi porta-voz do Governo Beto Richa, e trabalha ao lado de Denilson Roldo, envolvido até o pescoço na Operação Integração, que investiga esquemas de corrupção nos contratos de concessão dos pedágios.
O que dirá o governador Ratinho Júnior, quando souber destas nomeações? Será que a nova política proclamada por Ratinho Júnior manterá nomeações, no mínimo curiosas, as quais remontam uma relação estreita com a velha política do toma lá, dá cá?
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →