Deputados começam a votar projeto que acaba com aposentadoria de ex-governadores

Quando for ao plenário, proposta precisar ter 33 votos a favor para ser aprovada. Foto: Divulgação/Alep.
A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê o fim das aposentadorias para ex-governadores estará na pauta de discussões dos deputados na próxima semana. A informação foi confirmada pelo presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB) em entrevista coletiva a imprensa na última quinta-feira. A Comissão Especial deve emitir parecer final na segunda-feira (22) e em seguida o presidente afirmou que colocará no Ordem do Dia das votações.
O texto original da proposta e a emenda formulada pelo deputado Homero Marchese (PROS) e apoiada por diversos deputados estão em análise na Comissão Especial de Reforma à Constituição, que tem reunião agendada para a próxima segunda-feira (22), a partir das 13h30. O relator dos textos é o deputado Cobra Repórter (PSD). Depois de aprovado pela Comissão Especial, o parecer precisa ser publicado em Diário Oficial e só então estará apto para entrar em debate em Plenário.
A PEC nº 1/2019, apresentada pelo Poder Executivo, revoga o § 5º do art. 85 da Constituição do Estado do Paraná, que estabelece o pagamento de subsídio mensal e vitalício para quem tiver exercido em caráter permanente o cargo de governador do Estado. Já a emenda prevê a extinção do pagamento do subsídio mensal e vitalício a ex-governadores ou a suas viúvas, inclusive aos atuais beneficiários. Atualmente, 11 ex-governadores e viúvas recebem o benefício.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →