Agência do Trabalhador e SRTE lançam campanha de adesão a nova Carteira de Trabalho Digital

Nilson Cesar Balhs, Paulo Kroneis e José Loureiro Filho, em campanha para adesão ao nova CTPS Digital.
Nesta terça-feira (04), o superintendente Regional do Trabalho no Paraná (SRTE/PR), Paulo Kroneis, em companhia do secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP), José Loureiro, visitou a nova sede da Agência do Trabalhador, inaugurada em novembro, e conheceu os serviços que o órgão oferece à população. O encontro teve também o objetivo de firmar o compromisso de lançamento de uma campanha junto a empresários e trabalhadores de Ponta Grossa para adesão da versão digital da Carteira de Trabalho e Previdência Social.
A proposta da Superintendência Regional do Trabalho no Paraná é divulgar e aumentar a adesão da CTPS DIGITAL, mostrando os benefícios, como a agilidade na solicitação do documento, acesso à informação de qualificação civil e de contratos de trabalho através da integração de diversos bancos de dados do governo federal.
De acordo com Loureiro, a campanha tem a intenção de reforçar a compreensão de que a versão digital dos documentos facilita a vida dos trabalhadores, que terão o documento à mão sempre que precisarem fazer uma consulta de imediato. O secretário reforçou ainda que todas as experiências profissionais formais do usuário estarão contidas no aplicativo.
Na Agência do Trabalhador de Ponta Grossa/SINE, as ações devem acontecer com foco na conscientização dos benefícios esperados com a Carteira de Trabalho Digital. De acordo com o coordenador de Administração da SMICQP, Nilton Bahls, as facilitações serão: “maior aproveitamento das vagas disponíveis, reduzindo o tempo médio de atendimento; agilidade no acesso às informações trabalhistas consolidadas em um único ambiente, possibilitando ao trabalhador fiscalizar seus vínculos trabalhistas; e integração das bases de dados do Ministério da Economia.
CARTEIRA DE TRABALHO DIGITAL
De acordo com Ministério da Economia, a CTPS é um documento obrigatório para toda pessoa que presta algum tipo de serviço, seja na indústria, no comércio, na agricultura, na pecuária ou mesmo de natureza doméstica. Em vistas à modernização do acesso às informações da vida laboral do trabalhador, o Ministério da Economia lançou a Carteira de Trabalho Digital, em substituição ao documento físico, disponível para os cidadãos através de aplicativo para celular nas versões iOS e Android e Web.
A CTPS digital permite ao trabalhador acompanhar todas as informações registradas da vida laboral, incluindo os contratos de trabalhos e os dados de identificação; outra vantagem é que pelo próprio aplicativo o mesmo pode solicitar uma segunda via de seu documento impresso.
  • Da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →