Governistas ainda não definiram candidatura oficial em Carambeí

Spinardi, Taques e Larocca, são algumas opções dos governistas para tentar a sucessão de Osmar Blum.
Enquanto a oposição está organizada e com pré-candidaturas definidas, o bloco governista ainda não se entendeu para indicar o nome do candidato a prefeito para a sucessão de Osmar Blum, em Carambeí.
De acordo com as informações de interlocutores dos governistas, nenhum nome chegou a decolar nas pesquisas internas feitas até agora, e este parecer ser o motivo principal da indifinicação.
No começo do ano, o nome mais cotado era do chefe de gabinete Márcio Taques, que nunca escondeu seu desejo de ser o candidato a sucessão de Blum. Entretanto os números nas pesquisas e os alinhamos que se desdobraram com o passar dos meses, fez com que seu nome perdesse força.
Surgiu então o nome do eterno candidato Sérgio Spinardi, que tem boas tratativas com o meio empresarial em Carambeí. Entretanto, as derrotas eleitorais ainda pesam sobre Spinardi para ser alçado a condição de candidato do atual governo.
E claro, o grupo tem o nome do vice-prefeito Leon Larocca, que agrada vários setores do grupo, mas é tido com “um bom vice”, nada mais do que isto.
O que os governistas buscam é um nome forte, capaz de levantar o nome e melhor os números nas pesquisas internas e é este o verdadeiro problema. Com os prazos mais longos das convenções e tudo mais, o grupo ganhou tempo, mas este tempo está ficando curto na medida em que outras pré-candidaturas já estão decolando e ocupando espaço.
Talvez quando o grupo governista resolver anunciar o nome do candidato a prefeito e vice, seja tarde demais para ganhar espaço perante a opinião pública carambeiense.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →