Partidos devem registrar candidaturas até o próximo sábado (26)

Com as alterações das datas das eleições municipais deste ano para 15 e 29 de novembro para o primeiro e segundo turno das eleições, respectivamente, o calendário eleitoral também sofreu modificações. Com isto, os partidos devem entregar a relação oficial dos registros das candidaturas a prefeito, vice e vereadores até o próximo sábado, dia 26.
Como todo o processo é feito eletronicamente pelo site do TRE através de plataforma específica, os partidos normalmente esperam até os momentos finais para confirmar todos os nomes, uma vez que é comum candidatos a vereador desistirem depois das convenções, ou ainda, o partido realizar algum ajustes, retirando e colocando nomes em substituição.
Na verdade, pela legislação eleitoral, partidos e coligações podem substituir candidatos tanto para o executivo quanto para o legislativo, até 20 dias antes das eleições, sejam por motivo de indeferimento do registro da candidatura, ou renúncia do candidato. Porém, estes casos são mais raros.
É o caso do PSL em Ponta Grossa, que vive um momento conturbado. Enquanto alguns pré-candidatos a vereador teriam desistido de concorrer pelo rumos que a direção do partido tomou na coligação para prefeito, outros nomes foram acrescentados a listagem final.
Porém, de acordo com o § 7º, art. 17, Resolução n. 23.609 – TSE, os partidos que não preencherem o número total de candidaturas previstas, poderá completar a lista até 30 dias antes das eleições.
Em Ponta Grossa, ficou definida a redução do número de cadeiras na Câmara Municipal das 23 atuais para 19 a partir de 2021. Com o fim das coligações nas proporcionais, cada partido por partidos devem lançar até 150% do total de vagas na Câmara Municipal, ou seja, 28 candidatos, sendo que destes, 30% devem ser mulheres.
  • Paulo Sérgio Rodrigues, editor.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →