Nova ala amplia atendimento no Hospital Universitário dos Campos Gerais

Governador Ratinho Jr. inaugurou nova ala no HU ao lado do deputado Aliel Machado, do reitor da UEPG Miguel Sanches Neto e da prefeita Elizabeth Schmidt.
O Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, administrado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), ganhou uma nova ala, que deve futuramente abrigar a maternidade. O governador Carlos Massa Ratinho participou na manhã desta segunda-feira (22) da cerimônia de entrega oficial do local, que tem uma área de 1,3 mil metros quadrados e recebeu investimento de R$ 4 milhões, via emenda do orçamento da União.
“É o trabalho em conjunto com a nossa bancada de deputados federais que permitiu esse fortalecimento do nosso HU de Ponta Grossa. Algo que permite ampliar a capacidade e qualidade de atendimento, extrapolando os limites de Ponta Grossa. É uma referência na saúde para os Campos Gerais”, afirmou Ratinho Junior, referindo-se a verba conquistada pelo deputado federal Aliel Machado (PSB).
Mesmo projetado para receber a maternidade, em 5 de janeiro o novo prédio passou a ser preparado para uso de pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) geral. A estratégia serviu para que o prédio principal do hospital fosse utilizado exclusivamente à Covid-19. Com isso, a ala de atendimento a pacientes infectados com coronavírus passou a contar com 114 leitos, dos quais quatro de emergência, 46 de UTI e 64 de enfermaria.
Dentro da mesma estratégia, a ala de maternidade e de atendimento infantil da unidade foi transferida em julho para o antigo Hospital da Criança, hoje Hospital Universitário Materno Infantil (HUMAI), também gerido temporariamente pela UEPG. O local concentra o atendimento obstetrício, clínicas pediátricas, UTI neonatal e pediátrica, cirurgias, pronto atendimento infantil e também é referência para o atendimento de crianças com Covid-19.
ESPECIALIDADES – Ratinho Junior destacou que a Secretaria de Estado da Saúde já está debruçada no planejamento para uma nova melhoria no complexo universitário de Ponta Grossa. A intenção, destacou o governador, é criar um centro de especialidades no HU, desafogando o atendimento. “A ideia é começar a construção nos próximos meses. É mais capacidade de atendimento para diminuir as filas de espera por consultas especializadas”, ressaltou o governador.
PRÉDIO ANEXO — O projeto de ampliação do centro médico começou em 2017. O anexo tem dois pavimentos em concreto armado, com 20 leitos distribuídos em 10 quartos modernos e confortáveis, sala para atendimento de emergência, para exames e consultórios obstétricos. Além desse novo espaço, o HU continua a atender as gestantes nos leitos já existentes, centro obstétrico e pronto atendimento especializado integrado ao programa Rede Mãe Paranaense.
  • Publicado pela AEN.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →