URGENTE: Governador aumenta restrições durante 10 dias para conter a pandemia

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresenta nesta sexta-feira (26), no Palácio Iguaçu, um panorama do cenário da pandemia no Estado e anuncia novas medidas de enfrentamento ao coronavírus, acompanhado do secretário da Saúde, Beto Preto e do chefe da Casa Civil, Guto Silva. Foto: Geraldo Bubniak/AEN
O Governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), anunciou na manhã desta sexta-feira (26) novas medidas de combate a pandemia do Coronavírus no Estado do Paraná. Ao lado do secretário de saúde Beto Preto, Ratinho fez uma apresentação do atual estado da pandemia no estado, e justificou as medidas em função ao aumento exponencial dos casos da doença, bem como do aumento do número de pessoas que procuram as unidades de saúde e hospitais para tratamento.
Da mesma forma, os leitos de internamento, sejam clínicos ou de UTI, estão com capacidade praticamente esgotadas, levando ao governo tomar medidas mais rígidas de enfrentamento, principalmente no que se referente ao isolamento social.
Entre as medidas anunciados, e que valerão a partir da meia noite desta sexta-feira, estão a suspensão de atividades não essenciais, como as lojas de comércio de rua, shoppings, entre outros. Somente supermercados, padarias, postos de combustíveis e farmácias, por exemplo, estarão autorizados a permanecer abertos, mas com controle de fluxo de pessoas.
CONFIRA AS MEDIDAS ANUNCIADAS
– Suspensão do funcionamento dos serviços e atividades não essenciais;
– Proibição de circulação em espaços e vias públicas, das 20h às 5h;
– Proibição de comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo no período das 20h às 5h;
– Suspensão das aulas presenciais em escolas estaduais públicas e privadas, inclusive nas entidades conveniadas com o estado do paraná,
cursos técnicos e em universidades públicas e privadas;
– Adequação do expediente dos trabalhadores aos horários de proibição provisória de circulação definidos neste decreto;
– Atividades religiosas somente com atendimento individual ou culto on-line;
– Regime de teletrabalho para órgãos do estado;
– Permitidos delivery, drive-thru e take away;
– Priorização da substituição do regime de trabalho presencial para o teletrabalho, quando possível;
– Suspensão das cirurgias eletivas por 30 dias para unidades públicas e privadas, com o objetivo de assegurar estoque de medicamento
anestésico e reduzir demanda por leitos hospitalares;
– Intensificação da fiscalização para cumprimento das medidas.
  • Com informações da Agência Estadual de Notícias.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →