Agência do Trabalhador registra recorde de colocações no mercado

O primeiro quadrimestre de 2021 registrou recorde de pessoas colocadas no mercado, através da Agência do Trabalhador nos últimos três anos. Mesmo com a pandemia, comparado com os anos anteriores, o aumento de trabalhadores inseridos em vagas de emprego foi de aproximadamente 25%. Já em relação as oportunidades oferecidas, comparadas com 2019, o incremento foi de 7% e 2020 foi de 17%.
De acordo com a Agência do Trabalhador, em 2019 foram ofertadas 728 vagas em janeiro, 611 em fevereiro, 456 em março e 472 em abril, somando um total de 2.267. Em 2020, foram registradas em janeiro 739, em fevereiro 710, em março 377 e em abril 182, contabilizando 2008 oportunidades de emprego no quadrimestre.
Adriano Gonsalves, diretor da Agência do Trabalhador avalia que o mês de março do ano passado foi o mais complicado, pelo fato das medidas restritivas de combate ao novo coronavírus gerarem um momento de incerteza no mercado como um todo, o que retraiu a oferta de vagas de emprego. “Em 2021, mesmo com a pandemia vemos a reação do mercado que disponibiliza uma quantidade maior de oportunidades. Isso demonstra que o mercado está otimista. Registramos em janeiro 825, em fevereiro 760, março 434 e em abril 429, somando 2.439 vagas ofertadas”, disse Gonsalves.
  • da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →