Castro: Entidades que atendem idosos receberão recursos da Prefeitura

Vereadores de Castro aprovam o repasse para entidades assistenciais.
O Serviço de Acolhimento Institucional para Idosos São Vicente de Paulo e o Lar Mariliana Barbosa receberão repasses de recursos do Fundo Municipal da Pessoa Idosa. Foram aprovados na sessão ordinária desta quarta-feira, 25 de agosto, os decretos legislativos que autorizam o executivo municipal a celebrar termos de fomento com as instituições de longa permanência para pessoas idosas.
O valor de quase R$ 80 mil é proveniente da destinação dos contribuintes do Imposto de Renda. Conforme especificado nos planos de trabalho das entidades, o Serviço de Acolhimento Institucional para Idosos São Vicente de Paulo irá investir no reparo do telhado das áreas de atendimento em saúde e o Lar Mariliana Barbosa aplicará sua parte para melhorar o ambiente físico da unidade e mobiliar satisfatoriamente os cômodos que abrigam as idosas.
Neto Fadel (Patriota), presidente da Câmara Municipal de Castro, comenta que acompanhou a assinatura dos termos de fomento na prefeitura em 17 de agosto, junto do prefeito Moacyr Fadel, secretária da Família e Desenvolvimento Social, Michelle Fadel, membros do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI) e do vereador Professor Jonathan.  Nos termos de fomento estão descritas as obrigações das partes, dotações e repasses financeiros a serem realizados conforme plano de trabalho e o cronograma de execução das atividades.
Cadeia Pública- O vereador Joel Fadel (Patriota) com apoio do presidente Neto Fadel, e dos vereadores Jhonnathan Flugel (Podemos) e Guto Beck (PP), solicitou através de requerimento que o prefeito municipal interceda junto ao governador do Paraná e ao secretário de estado da Segurança Pública pela construção de nova cadeia pública fora do perímetro urbano de Castro.
Na proposição os vereadores argumentam que a cadeia pública de Castro está localizada em via de acesso ao centro da cidade, próxima a escolas, comércios e serviços públicos. Além disso, o local abriga mais presos que sua capacidade e é um perigo para a segurança dos munícipes. Durante discussão do documento, Joel Fadel citou que essa é uma reivindicação antiga dos vereadores. “A cadeia está mal posicionada e é pequena, ali não tem espaço para aumentar”, declarou.
  • da assessoria.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →