Setor de serviços puxa a geração de empregos em PG

Setor de serviços foi o que mais contratou em agosto. Tendência é de aumentar a demanda.
Enquanto os setores de confecções e de alimentos lideram a geração de empregos em agosto no Estado do Paraná, em Ponta Grossa é o setor de Serviços que garante o desempenho da cidade em novas vagas de emprego. De acordo com dados do CAGED, do Ministério da Economia, em agosto foram geradas 479 novas vagas no setor, totalizando 1.600 no ano. É o maior número de contratação dos últimos tempos. Em segundo lugar aparecem a Indústria com 1.141 vagas e o Comércio com 987 no total.
Em relação a geração de empregos no total, Ponta Grossa só perde para Cascavel, segunda colocada, com 7183 vagas, e a capital Curitiba com 21.174. Ponta Grossa gerou 7019 vagas no total, contra Maringá foram com 5.656 oportunidades e em Londrina com 4.515.
De acordo com estudos, com a retomada da economia, devido principalmente ao arrefecimento da pandemia do Covid-19, bem como a proximidade do final do ano, a expectativa é de que estes números sejam melhores ainda no último quadrimestre de 2021.
  • da redação.

About Paulo Sérgio Rodrigues

Comentarista político, radialista, trabalhou em diversas emissoras de rádio, em TV e em jornais de Ponta Grossa, vem atuando há 30 anos no jornalismo de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais.

View all posts by Paulo Sérgio Rodrigues →